Home

Data: 1 Julho 2022 (6ª feira) | 18h30-19h30
Local: Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa

José Júlio Marques Leitão de Barros (1896-1967) foi professor, jornalista, pintor, dramaturgo e cineasta. Ficou conhecido pela sua carreira cinematográfica, mas também deixou marcas no jornalismo português.

A propósito da integração do espólio documental de Leitão de Barros nas coleções especiais, por doação da família, a Biblioteca de Arte e Arquivos da Fundação Calouste Gulbenkian organiza uma mesa-redonda dedicada à sua obra. Moderada por Filomena Serra (historiadora da arte e curadora), conta com a participação de André Murraças (encenador, dramaturgo, cenógrafo e investigador), Margarida Almeida Bastos (investigadora sobre a história de Lisboa), Rita Fragoso de Almeida (investigadora sobre a história de Lisboa), Sérgio Bordalo e Sá (investigador da obra cinematográfica de José Leitão de Barros) e Pedro Martins (investigador de história contemporânea portuguesa do IHC).

Mais informações aqui.

(c) Estúdio Horário Novais, 1947

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.