Home

Antropo-cenas: artes performativas, ecologia e diversidade de modos de vida
Há uma intensa discussão, hoje, sobre as dimensões da crise ecológica e civilizacional que atravessamos, inédita na história da humanidade. A partir da década de 50, geólogos começaram a postular a passagem da Terra para uma nova era, nomeada de Antropoceno. Ela se caracterizaria, entre outras coisas, pela redução drástica da biodiversidade, aquecimento global e efeito de estufa a crescente concentração de dióxido de carbono na atmosfera, fenómenos decorrentes da ação humana, sentida, agora, como uma força que altera a estrutura do planeta, como outros fenômenos geológicos. Pensadores como Bruno Latour preferem falar num processo de mutação, com efeitos potencialmente devastadores para as condições de vida na Terra tal como a conhecemos.

Tal situação coloca em cheque os modos de vida produzidos a partir da Revolução Industrial e que se espalharam pelo planeta, constituindo-se como um ideal de progresso a que todos deveriam almejar. A intensificação das recentes crises gera distintas reações e respostas, que vão da pura e simples denegação dos problemas, mesmo que fartamente comprovados pelos cientistas, até um sentimento de urgência em relação à necessidade de uma transformação consciente dos modos de vida. Daí o interesse crescente pelo diálogo com culturas que trazem outras perspectivas de entendimento e modos de habitar o mundo, que foram, muitas vezes, silenciadas pelos processos coloniais.

Neste campo, parece urgente o resgate do selvagem, como continuum e não como atributo ou qualificação derivado do colonialismo e dos processos de racialização. Urgente é a também a emergência de novas formas de ativismo, o combate contra o extrativismo que esgota os recursos naturais e a denúncia do capitalismo digital.

Nas artes performativas, nos últimos anos, tem crescido o interesse por pesquisas e ações que extrapolam o âmbito dos espetáculos, operando num campo expandido, através de diversos dispositivos de ação e relação. Nesse sentido, os processos de criação não se limitam à produção de uma linguagem para o palco, mas investem em novas relações e formas de convívio, mesmo que de modo temporário.
Mais do que isso, o saber produzido pelos artistas da presença desperta a consciência para a necessidade de trabalharmos sobre os modos de vida. As práticas artísticas problematizam nosso entendimento e nossa relação com os hábitos e técnicas. Para tanto, muitas vezes abrem o diálogo com culturas e saberes não-ocidentais. 

A revista Conceição/Conception lança, para o seu novo número, esta chamada para artigos que desejem discutir tais questões, através de diferentes pontos de vista. Serão muito bem vindas tanto abordagens mais abrangentes e teóricas sobre o tema, como pesquisas sobre experimentos mais específicos e localizados. Reflexões sobre as relações entre artes performativas e ecologia, reinvenção dos modos de vida, processos criativos e transformação dos hábitos, diálogos com culturas indígenas, africanas e orientais, experiências artísticas-comunitárias, dramaturgias e espetáculos que enfocam tais crises, hiper-objectos e ética selvagem, activismo em prol da saúde do planeta, são apenas alguns temas que poderão ser contemplados.

Prazo para a submissão de trabalhos
Desde de 2020, a revista Conceição/Conception adota o sistema de publicação contínua. Assim, não há fascículos, nem periodicidade. Os artigos serão publicados conforme forem aprovados pelo processo de avaliação por pares e passarem por processos de revisão e diagramação.
O texto de apresentação e o editorial serão publicados junto com o último conjunto de artigos do volume, em dezembro.

Assim, a presente chamada estende-se até 15 de outubro de 2021 ou até que se complete a publicação de 25 textos.

Além de artigos temáticos, o periódico recebe, em outras seções, textos com temáticas livres, entrevistas, traduções e resenhas.

Website: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/conce

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.