Home

A Direção-Geral das Artes (DGARTES) vai apoiar 19 projetos artísticos, no âmbito do Programa Arte e Saúde Mental. Este programa tem como objetivo criar sinergias, através das artes, que contribuam para superar os desafios atualmente enfrentados pela área da saúde mental em Portugal, promovendo o combate à discriminação e ao estigma associados à doença mental.  Esta linha de financiamento resulta de uma parceria com a associação P28.

Correspondendo a um investimento total de 295 mil euros, os projetos apoiados inscrevem-se nas seguintes áreas artísticas: cruzamento disciplinar (sete projetos), teatro (cinco), artes plásticas (quatro), novos media (dois) e circo contemporâneo e artes de rua (um). Em relação aos domínios de atividade, os projetos contemplam a criação, a edição e a programação artística. Este apoio tem uma expressão nacional, estando todas as regiões do país representadas, com exceção do Algarve pelo facto de nenhuma entidade aí sediada ter tido uma candidatura com avaliação positiva por parte da Comissão de Apreciação.

Nas Regiões Autónomas, os projetos apoiados são “O Roteiro das Artes – Vila Franca do Campo”, da Associação Cultural Talentos Salgados, na área das artes plásticas (Açores), e “Solitude e solidão – O impacto do isolamento e da insularidade”, de Carolina Silva, na área de cruzamento disciplinar (Madeira).

Na Região Norte vão receber apoio os projetos  “Romper”, da Apuro – Associação Cultural e Filantrópica, na área do Teatro; “Memória”, do INAC – Instituto Nacional de Artes do Circo, na área do Circo Contemporâneo e Artes de Rua; “Mundo Interior, Mundo Exterior”, da Tamanho Azul – Associação, na área de cruzamento disciplinar; “Teatro na escola”, da Tin.Bra – Academia de Teatro, na área de Teatro e “Desassossego”, da Caravela Sonora, na área de teatro.

Na Região Centro, “Ouvir Vozes” da Marionet – associação cultural, receberá apoio na área de cruzamento disciplinar.

Na Área Metropolitana de Lisboa, receberão apoio os projetos “(In)Visível”, da bYfurcação – Associação Cultural, na área do teatro; “A arte do in_sano”, da Ideias com Peso, na área das artes plásticas; “A manifestação do ser”, da Challenge Silence, na área de em novos media; “Ajuda-me a não ter medo!”, pelo Teatro Umano – associação cultural, na área do teatro; “Incluir”, da Associação Arte Diem, na área das artes plásticas; “Almanaque Alqueive”, da Paisagem Elementar, na área de cruzamento disciplinar; “Ser – de dentro para fora”, de Paula Moita, na área de cruzamento disciplinar; “Divãs”, de Graziela Dias Pacheco, na área de novos media; “Oficina Arte”, da Casa de semente – Educação e desenvolvimento para arte, na área de cruzamento disciplinar e “Nodus Tollens”, de Kateryna Kuzubova, na área de cruzamento disciplinar.

Na Região Alentejo, “Um Muro”, da Associação Pó de Vir a Ser, será apoiado na área de artes plásticas.

Mais informações aqui.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.